Skip to content

Santana Lopes já negoceia entrada da Santa Casa no Montepio Geral

Memorando assinado entre Montepio e Santa Casa admite entrada de outras entidades no banco. Mutualista reforça capital do Montepio em 250 milhões

in: Dinheiro Vivo, 1 julho 2017

O Montepio Geral – Associação Mutualista e a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML) assinaram ontem um “memorando de entendimento” para estudar a entrada da SCML e de outras “instituições da economia social” no capital da Caixa Económica Montepio Geral (CEMG), banco detido pela Associação Mutualista.

“Este memorando de entendimento é o início de um processo que corresponde à ideia da constituição de um forte grupo financeiro da economia social nacional que o Montepio e eu próprio temos vindo a defender desde 2008”, explicou António Tomás Correia em declarações ao Dinheiro Vivo.

De acordo com os termos divulgados, as entidades vão agora procurar o desenvolvimento “de uma parceria estratégica”, que contempla a entrada da SCML na CEMG, mas também de outras instituições da economia social.

Sem ser definido qualquer intervalo de preço ou mesmo qualquer calendário para o fim das negociações, a Mutualista e a SCML comprometeram-se “a encetar negociações de boa-fé, numa base de melhores esforços, com vista a, tão prontamente quanto o respeito dos procedimentos (…), se poderá vir a concretizar a participação da SCML e de outras instituições”.

Além da análise aos termos e moldes em que se poderá concretizar a entrada da SCML e outras entidades no capital da Caixa Económica, as partes vão igualmente “analisar o alargamento do entendimento a outras áreas, nomeadamente a da saúde, nas suas diferentes vertentes, e a outras áreas de intervenção e apoio social”.

Em análise entre as partes vai estar também a necessidade de proceder a “eventuais acordos e ajustamentos” ao modelo de governo da CEMG, em moldes que “permitam mecanismos adequados de salvaguarda do valor e da participação dos seus acionistas”.

Este entendimento entre a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa e o Montepio Geral tem sido apoiado pelo governo e também pelo Banco de Portugal que, a espaços, foram manifestando mais ou menos publicamente o apoio a este aprofundamento de relações.

Montepio reforça capital

Pouco depois do anúncio sobre as negociações com a Santa Casa, o Montepio Geral anunciou a concretização com sucesso de um aumento de capital de 250 milhões de euros, subscrito pela Mutualista.

Para António Tomás Correia, presidente da Mutualista, este reforço de fundos assegura que a Caixa Económica está agora “dotada dos meios necessários para o desenvolvimento da sua actividade de forma estável e sólida”. Correia aproveitou a ocasião para comentar o memorando de entendimento assinado com a SCML, reafirmando que “o projeto estratégico de transformação da CEMG na instituição financeira nacional da economia social está aberto às Instituições Sociais que, livremente, nela pretendam participar”.

Já sobre o aumento de capital em si, Tomás Correia avançou que se tratou de uma “iniciativa leal aos nossos princípios”, já que “ao longo de todos os anos da mais profunda crise financeira das nossas gerações, o Montepio prova a sua solidez, através dos seus próprios meios, sem necessidade de recorrer a ajudas e, portanto, não onerando o contribuinte”.

O capital institucional da Caixa Económica sobe agora para 2020 milhões de euros e com esta operação a Mutualista diz que garante o “reforço dos fundos próprios” do banco, “assegurando um elevado nível de solidez e de suporte ao desenvolvimento da actividade da sua instituição financeira”.

Anúncios

Comentar

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: