Saltar para o conteúdo

Governo nega introdução de portagens na A3 e A4

Ministério das Infraestruturas garante que “não se encontra prevista a cobrança de portagens” nos troços gratuitos da A4 e da A3

O governo não vai introduzir portagens nos troços ainda gratuitos das autoestradas A3, que liga Porto a Valença, e A4, que liga Matosinhos a Amarante. Em causa estão as ligações entre Águas Santas e a Maia, na A3, e de Águas Santas a Ermesinde na A4.

A intenção de se avançar com portagens nestes troços, conforme foi noticiado no início de dezembro pelo “Jornal de Notícias“, constava do Plano de Atividades e Orçamento da Infraestruturas de Portugal, que calculava mesmo recolher 15 milhões de euros com a cobrança.

Apesar da intenção da empresa, a tutela veio agora clarificar que não tem qualquer intenção de impor portagens naqueles troços.

Segundo o ministério do Planeamento e das Infraestruturas, “não se encontra prevista a cobrança de portagens na A4, autoestrada Águas Santas-Amarante, no sublanço entre Águas Santas e o nó de Ermesinde, em Ermesinde, Concelho de Valongo, e na A3, Autoestrada Porto-Valença, no sublanço Águas Santas – Maia, concelho da Maia”.

A posição da tutela surge em resposta a um conjunto de questões apresentada por deputados do PSD sobre a introdução de portagens naqueles troços, questões que surgiram na sequência “de notícias divulgadas nos últimos dias” a dar conta de que estava a ser ponderada a colocação de portagens nas ligações citadas.

Na questão apresentada ao ministério, o PSD lembra que o seu governo “não reintroduziu portagens nesses locais” dado essa cobrança “implicar um impacto negativo profundo na economia local, seja para as empresas e, sobretudo, para as famílias”.

No início de dezembro, assim que o Jornal de Notícias noticiou a intenção da Infraestruturas de Portugal para os troços em questão, também os autarcas da região – Maia, Gondomar e Valongo – vieram a público criticar a medida, rotulando-a de “um roubo”, “inadmissível” e “incompreensível”.

in: Dinheiro Vivo, 14 janeiro 2016

Anúncios

Comentar

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: