Skip to content

UTAO. Constitucional e melhoria do PIB em 2014 impulsionam economia este ano

Quase 40% do crescimento previsto para este ano resultará ainda dos ganhos de 2014

A reposição parcial de salários dos funcionários da administração pública e também das pensões deverá contribuir para o crescimento económico previsto para este ano, segundo concluiu a Unidade Técnica de Apoio Orçamental (UTAO), na análise aos dados da execução orçamental de Janeiro deste ano.

Em causa estão perto de 900 milhões de euros, vindos tanto do fim da contribuição extraordinária de solidariedade como do recuo nos cortes salariais, que serão restituídos a estes grupos ao longo do ano, uma verba que poderá assim chegar à economia real, em vez de ser retida pelo Estado. Ao chegar à economia, vai potenciar a actividade económica, criando emprego e gerando mais receita fiscal. Além deste impulso à economia, a UTAO nota que a evolução acima do esperado da actividade económica ao longo de 2014 terá igualmente impactos em 2015, que a unidade calcula “em cerca de 0,6 pontos percentuais” do PIB, “representando 38% do crescimento esperado de 1,5%”.

Sobre os números de 2014, a UTAO calcula que “o défice em contabilidade nacional se tenha situado em 4,7% do PIB”, valor que, expurgado de operações extraordinárias, seria de 3,7%, em linha portanto com o resultado final previsto.

in: Jornal i, 6 Março 2015

Anúncios

Comentar

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: