Saltar para o conteúdo

Dívida portuguesa continua a distanciar-se da média da Europa

Apesar do gigantesco rol de sacrifícios impostos aos portugueses, a dívida pública portuguesa continua a crescer mais que a média da UE

Portugal continua a ficar mais pobre e mais endividado em relação aos restantes 28 países que compõem a União Europeia. É que se não bastasse a economia portuguesa continuar a crescer menos, a sua dívida está a subir mais. Um cenário negativo que persiste mesmo depois das várias rondas de austeridade impostas ao país – que já custou cerca de 35 mil milhões de euros aos residentes em Portugal.

O Eurostat, instituto europeu responsável pelas estatísticas dos diferentes Estados-membros, actualizou ontem os dados relativos à evolução da dívida pública na UE28 até ao primeiro trimestre de 2014. As conclusões, para o caso português, estão longe de serem animadoras.

Portugal chegou a Março deste ano com uma dívida 5,8% acima dos valores de Março de 2013, o que implica que o endividamento cresceu 12 mil milhões de euros em doze meses – mil milhões por mês. Este salto elevou o rácio da dívida face ao PIB de 127,4% para 132,9% no mesmo período, mais 5,5 pontos. Nestes 12 meses, a grande maioria das dívidas europeias ou decresceu ou cresceu menos que a portuguesa – sobretudo nos países onde não se registaram rondas de austeridade.

euro e Ue28 Os dados ontem avançados pelo Eurostat mostram que desde Março de 2013 até Março deste ano, a dívida total dos países da zona euro passou de 92,5% do PIB para 93,9% do PIB, fruto de um crescimento de 3% no montante em dívida: se em 2013 os 18 países do euro deviam 879 mil milhões, em Março deste ano o valor estava nos 905,5 mil milhões. Assim, e em comparação com os valores da zona euro, Portugal passou de ter uma dívida 34,9 pontos percentuais acima dos valores da zona euro – 127,4% do PIB em Portugal em Março de 2013 contra os 92,5% do PIB do euro -, para apresentar agora uma dívida 39 pontos acima daquela da zona euro – 132,9% em Portugal contra 93,9% nos 18 do euro. A diferença seria ainda mais elevada caso retirássemos os números de Portugal das contas ao total da zona euro.

Alargando a análise aos 28 países da UE as conclusões são idênticas: no último ano Portugal continuou a engordar a sua dívida mais do que a Europa, isto apesar de países como o Chipre ou a Eslováquia terem visto os seus níveis de endividamento face ao PIB crescer mais de 23 pontos no período. É que se nos últimos doze meses Portugal viu o peso da dívida face ao PIB crescer 5,5 pontos, a UE28 como um todo viu a dívida saltar 1,8 pontos, de 86,2% em Março de 2013 para 88% no final do primeiro trimestre deste ano, mostram os dados do Eurostat.

in: Jornal i, 23 Julho 2014

Comentar

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: