Saltar para o conteúdo

Janeiro. Importações saltam para valor mais alto desde 2009

Início do novo ano marcou nova mudança na evolução da balança comercial: importações superaram os 4,8 mil milhões de euros e saldo global voltou a deteriorar-se

O ano novo arrancou com um sinal preocupante para a estratégia de ajustamento delineada por governo e troika: as importações em Janeiro cresceram 9,3% face ao mesmo mês de 2013, registando o valor mais alto dos últimos seis anos em Janeiro – 4,87 mil milhões de euros. Este nível de compras ao exterior representou ainda uma subida de 10,2% face ao nível de importações da economia portuguesa em Dezembro de 2013.

As mais recentes previsões para a economia portuguesa apontam para uma subida total de 3% nas importações este ano, evolução que, conjugada com a subida esperada de 5% nas exportações em 2014, contribui de forma decisiva para o cumprimento das metas impostas a Portugal para o corrente ano.

Além das importações, também os números iniciais para as exportações em 2014 evidenciam alguma distância face ao esperado: segundo os valores ontem divulgados pelo INE, as vendas portuguesas ao exterior subiram 2,3% em Janeiro face ao mesmo mês de 2013, evolução aquém dos 5% esperados para o total do ano. De salientar que desde 2011 as exportações em Janeiro têm subido mais do que o total do ano: se em Janeiro de 2011 as exportações subiram 19%, até final desse ano as vendas cresceram 15%; em 2012 as exportações no primeiro mês do ano cresceram 15%, tendo o ano fechado com uma subida total de 7%. Já no ano passado, Janeiro arrancou com um salto de 7,1% nas exportações, com as contas a serem fechadas com uma subida total de 4,6% nas vendas ao exterior.

Saldo: -925 milhões Os valores ontem avançados pelo INE mostram assim uma mudança na evolução do saldo comercial português no arranque do ano. Os ganhos constantes que foram sendo conseguidos entre 2009 e 2013, quando o primeiro mês do ano passou de um défice de 1,5 mil milhões até aos 600 milhões, inverteram a tendência em 2014: em Janeiro, Portugal registou um saldo negativo de 925 milhões de euros [ver gráfico ao lado], mais 54% que em Janeiro de 2013.

Segundo o INE, em Janeiro “as importações aumentaram 9,3%, traduzindo o acréscimo generalizado da quase totalidade dos grupos de produtos, mas particularmente dos combustíveis minerais (sobretudo óleos de petróleo ou de minerais betuminosos, excepto óleos brutos) e óleos brutos de petróleo ou de minerais betuminosos, e veículos e outro material de transporte (em especial automóveis de passageiros)”.

A inversão da trajectória das importações começou a ocorrer já na segunda metade do ano passado, com Portugal a comprar sobretudo à União Europeia, conjunto de países que todavia está a perder preponderância enquanto fornecedor do país, conforme salienta o INE: “Denota-se, no entanto, uma diminuição do seu [UE] peso relativo nos últimos anos. No ano 2008, o comércio intra-UE concentrou 74,8% do valor total das importações, mas em 2013 o seu peso diminuiu para 72,2%.”

Quem está a ganhar cada vez mais peso enquanto fornecedor de Portugal são sobretudo três países: Angola, Rússia e Camarões. “As importações originárias de Angola aumentaram acentuadamente em 2013 (+47,8%), à semelhança do que se tem verificado nos últimos anos, quase exclusivamente devido aos combustíveis minerais. Esta evolução resultou no reforço da posição de Angola como 6º principal país fornecedor de bens a Portugal”, salienta o INE na análise aos dados. Já a Rússia e Camarões viram as importações mais do que duplicar em 2013, igualmente por culpa dos combustíveis minerais.

in: Jornal i, 13 Março 2014

Comentar

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: