Skip to content

Reestruturação dá 9 milhões de passageiros a privados no Norte

A redução, suspensão ou adaptação das ligações da Sociedade de Transportes Colectivos do Porto (STCP) vai entregar aos privados da Área Metropolitana do Porto (AMP) linhas procuradas por 37 mil pessoas em média por dia útil, valor que num ano equivale a 9,3 milhões de passageiros, ou 7% do mercado da região – que vale 605 mil passageiros diários. Em troca, a STCP reduz a oferta para 22 milhões de quilómetros por ano, -25%, não havendo estimativas da poupança que a reestruturação irá originar.

Os números relativos à procura em cada linha que a STCP vai deixar para os privados vêm referidos no estudo do grupo de trabalho sobre a rede de transportes pedido pelo governo. Segundo o documento, “espera-se que as alterações permitam à STCP melhorar os resultados” ao mesmo tempo que se aumenta a rentabilidade dos privados: “Estima-se como positivo o impacto” para “os operadores privados do recuo da STCP para a sua área central, em termos de aumento da operação e de rendibilidade”.

O estudo encomendado pelo governo detalha a procura média diária em 16 ligações operadas pela STCP, que valem um total de 36,9 mil passageiros. Mais de 56% desta procura concentra-se em quatro ligações – 69, 804, 70 e 55 – e todas estas deverão ficar da inteira responsabilidade da Empresa de Transportes Gondomarense (ETG). [Ler mais]

in: Jornal i, 5 Março 2012

Anúncios

Comentar

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: