Skip to content

Já são 27 os países em crise de dívida pública e há outros 80 a caminho

“Ao invés de resolverem as crises, instituições como o FMI perpetuam-nas emprestando mais dinheiro e resgatando credores irresponsáveis”, acusa JDC

in: Dinheiro Vivo, 16 maio 2017

Ao longo de 2016 mais cinco países entraram na lista de Estados a viver uma crise de dívida, subindo para 27 o total, de acordo com a atualização da base de dados da “Jubilee Debt Campaing” (JDC), organização não-governamental britânica, que assinalou desta forma o Dia Mundial da Dívida, que hoje se “celebra”.

“De acordo com a nossa análise, há atualmente 27 países a experimentar uma crise da dívida, valor que compara com os 22 países na última atualização dos dados, em 2015. Entre os 27 países encontram-se países pobres afetados pela queda global dos preços das matérias-primas, como o Gana, Laos, Mongólia ou Moçambique; países da zona euro como a Grécia, Irlanda e Portugal; e países do Sul do globo que vivem em crise de dívida há vários anos, sem nunca lhes ter sido dado acesso a esquemas de alívio da dívida, como a Jamaica, Paquistão, Sri Lanka ou Tunísia”, refere a JDC numa nota publicada no seu site.

“Há demasiados países que vivem esmagados pelos custos de dívidas insustentáveis, penalizando os serviços públicos e a capacidade de suprir necessidades básicas. Ao invés de resolverem estas crises, instituições como o FMI perpetuam-nas emprestando mais dinheiro a países em crise, resgatando credores irresponsáveis, enquanto as pessoas sofrem. Isto tem de acabar e deve ser exigido aos credores que reduzam as dívidas”, comenta Tim Jones, economista do JDC, sobre os dados.

Além dos 27 países já na lista de Estados a viver em crise de dívida, a JDC alerta que há outras quase oito dezenas de países em risco de entrar na lista em breve, seja à conta do endividamento privado, público ou de ambos.

“A JDC analisou também até que grau há outros países em risco de uma crise de dívida, baseando-se nos desequilíbrios financeiros em relação ao resto do mundo e nos valores dos custos das dívidas e dos níveis do endividamento privado em comparação com a capacidade de cumprir os pagamentos”, aponta esta ONG.

Através destes cálculos, a JDC concluiu que são 22 os países em risco de cair em crise de dívida pública e privada, outros 17 de cair em crise de dívida pública e 40 numa crise com a dívida privada. “Ao todo, são 79 países, mais do que os 71 calculados em 2015. E na avaliação feita em 2015, concluímos que o Butão, Gana, Laos, Mongólia e Moçambique eram países em alto risco. E estes países caíram entretanto para a lista de países em crise de dívida”, rematam.

Veja aqui o mapa interativo dos países endividados feito pela Jubilee Debt Campaing.

 

Anúncios

Comentar

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: