Skip to content

Raio X. Há duas linhas que separam os 3 grandes

Média de golos marcados e sofridos e aproveitamento dos pontos em casa ditam domínio do FCP
 .

Mais sete pontos em média por época, mais 32 golos marcados, menos 45 golos sofridos. É isto que separa o Futebol Clube do Porto do Sport Lisboa e Benfica. Já os encarnados fazem mais 11 pontos em média por época, mais 125 golos marcados e menos 11 golos sofridos. É isto que separa o Benfica do Sporting Clube de Portugal. Das diferenças entre Porto e Sporting nem vale a pena falar. A análise estatística ao que aconteceu no futebol português desde 2006/7 – quando passou a 16 clubes e 30 jogos – deixa evidente o porquê do domínio do FCP.

Nestas sete épocas – 210 jogos -, o Porto foi a equipa mais próxima da perfeição: em média, marcou mais de dois golos por jogo (2,26), sofreu menos de um por jogo (0,6), reclamou 81,3% dos pontos que disputou (mais de oito em cada 10), fechando os anos de 2006/07 a 2012/13 com uma média de 73,2 pontos/época. Quem mais conseguiu isto? Ninguém. O Benfica, apesar de registar uma média de 2,08 golos marcados nos mesmo anos, nas épocas de 2006/7 a 2008/9 não conseguiu mais de 1,8 golos por jogo. No total, os encarnados reclamaram 73,5% dos pontos que disputaram – para uma média de 66,1 pontos por época.

Já no campeonato dos golos sofridos, a história repete-se. Apesar da média de 0,81 golos nos 210 jogos analisados, tanto em 2008/9 como em 2010/11, o SLB fechou o campeonato com um ou mais golos sofridos por jogo. A regularidade é assim uma das componentes mais fortes do FCP dos últimos anos: não só fecha estas sete épocas com uma média de 2,23 golos marcados e 0,6 golos sofridos, como em todos os anos analisados marcou mais de dois golos/jogo e sofreu menos de um golo/jogo. Uma curiosidade sobre golos: a equipa com melhor diferença de golos só por uma vez desde 06/07 não foi campeã – a versão 2012/13 do Benfica de Jorge Jesus.

O Benfica da época passada foi mesmo o melhor dos últimos anos: nunca tinha feito tantos pontos, nunca tinha tido uma diferença de golos tão positiva. Mesmo assim, foi insuficiente. Culpa da capacidade de reacção do FCP: quando perdeu o campeonato em 2009/10, o Porto reagiu com a sua melhor época, angariando 93,3% dos pontos em 2010/11. Agora, na reacção ao bom campeonato que o Benfica vinha a fazer, o mesmo menu: o segundo tri em sete anos só foi possível graças aos 86,7% de pontos aproveitados – taxa nunca atingida pelo SLB, cujo máximo foi de 84,4% em 2009/10.

A análise às últimas sete épocas mostra que para se ser campeão são precisos, em média, 74,4 pontos, fasquia que, se considerarmos apenas as últimas três épocas, chega aos 79 pontos – isto quando o máximo de pontos numa época do Benfica foi de 77 e do Porto de 84.

Analisada a linha que separa o Porto e o Benfica, olhemos para a segunda linha que separa os grandes. O Sporting é prejudicado nesta análise pelo declínio em que caiu desde 2008/09, ano em que pela última vez superou os 60 pontos (66). Desde então, os 59 pontos de 2011/12 foram o melhor registo que conseguiu.

Apesar do declínio, certo é que na análise à liga desde que disputada por 16 equipas, o SCP retém a sua posição como terceiro grande, com uma média de 55,1 pontos/época. Além desta diferença de 11 e 18 pontos para as médias de SLB e FCP, respectivamente, também nos restantes registos o clube fica bem aquém dos rivais. O SCP tem uma média de 1,48 golos marcados/jogo e de 0,87 sofridos, conquistando 61,3% dos pontos – média que subiria apenas para 63,7% se excluíssemos a última temporada.

in: Jornal i, 16 Agosto 2013

info-grandes

Tabelas:

GS/jogo 2006/7 2007-8 2008-9 2009-10 2010-11 2011-12 2012-13 Média
Porto 0,67 0,43 0,60 0,87 0,5 0,63 0,47 0,60
Benfica 0,67 0,70 1,07 0,67 1,0 0,90 0,67 0,81
Sporting 0,50 0,93 0,67 0,87 1,0 0,87 1,20 0,87
GM/jogo 2006/7 2007-8 2008-9 2009-10 2010-11 2011-12 2012-13 Média
Porto 2,17 2,00 2,03 2,33 2,43 2,30 2,33 2,23
Benfica 1,83 1,50 1,80 2,60 2,03 2,2 2,6 2,08
Sporting 1,80 1,53 1,50 1,40 1,37 1,6 1,2 1,48
Pontos 2006/7 2007-8 2008-9 2009-10 2010-11 2011-12 2012-13 Média
Porto 69 69 70 68 84 75 78 73,28571
Benfica 67 52 59 76 63 69 77 66,14286
Sporting 68 55 66 48 48 59 42 55,14286
Aproveitamento 2006/7 2007-8 2008-9 2009-10 2010-11 2011-12 2012-13 Média
Porto 76,7% 77,8% 75,6% 75,6% 93,3% 83,3% 86,7% 81,3%
Benfica 74,4% 57,8% 65,6% 84,4% 70,0% 76,7% 85,6% 73,5%
Sporting 75,6% 61,1% 73,3% 53,3% 53,3% 65,6% 46,7% 61,3%
Anúncios

1 Comentário »

Comentar

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: