Skip to content

Crise da dívida. Falta de liderança ameaça globalizar o caos

O que era uma crise da dívida das periferias do euro em 2010 virou crise europeia ao longo de 2011. Agora o receio é que 2012 seja o ano em que a crise da dívida supere em força as fronteiras do Velho Continente – receio que as últimas previsões económicas, de recessão ou desaceleração nas regiões mais importantes, vão agravando. “O mundo inteiro está a ser guiado por declarações idiotas de alguns decisores europeus”, criticou ontem Jim O’Neill, presidente do Goldman Sachs Asset Management em declarações à Reuters, sublinhando que o facto mais importante da semana passada não foi a cimeira europeia, mas sim a divulgação de dados que mostram que a segunda economia do mundo, a China, entrou em desaceleração. “O problema na Europa não é realmente uma crise de dívida, é uma crise sobre estruturas de liderança… A Europa precisa de se organizar e mostrar que tem uma liderança própria”, acrescentou. Mas O’Neill não esteve sozinho nas críticas à esquizofrenia de liderança europeia. [Ler mais]

in: Jornal i, 12 Dezembro 2011

Anúncios

Comentar

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: