Skip to content

Concertação. Hoje nasce uma nova confederação patronal para os serviços

O último redesenho à Lei da Concertação Social ocorreu há cerca de dez anos, quando se fixaram em quatro as confederações oficiais, com o turismo a garantir a sua independência. Agora, e volvida uma década, é hora de uma nova readaptação, já que os Serviços querem ter voz própria.

O peso que actividades como as telecomunicações, distribuição ou os centros comerciais ganharam enquanto geradores de receita para o Estado e emprego em Portugal, mas também porque surgiram novos sectores com força, como o comércio electrónico, são algumas das razões para a criação da Confederação dos Serviços de Portugal (CSP), entidade que será hoje oficialmente apresentada em Lisboa e que vai ser presidida por Luís Reis, número 2 da Sonae e hoje presidente da Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição (APED). [Ler mais]

in: Jornal i, 12 Dezembro 2012

Anúncios

Comentar

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: