Saltar para o conteúdo

Orçamento. Do “fim da crise” à “confederação de mercearias”, eis o debate

Foi um dos primeiros tópicos sobre a mesa: a meia hora a mais de trabalho para promover a produtividade. Mas falar de produtividade poderá fazer pouco sentido quando nos dois debates em que Álvaro Santos Pereira participou ontem sobre o Orçamento do Estado para 2012, pouca ou nenhuma novidade foi adiantada. Do lado da oposição, a fotografia também não sai melhor: dos oito minutos dados a cada intervenção, e num cálculo pouco científico, um terço do tempo é usado em considerações avulsas, um segundo terço é dedicado a elogios/críticas ao anterior governo e, só depois, surgem as perguntas. Muitas vezes repetidas e já respondidas. [Ler mais]

in: Jornal i, 15 Novembro 2011

Comentar

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

<span>%d</span> bloggers like this: