Skip to content

Alemanha. Pode haver um buraco de 5 biliões euros

Os governos europeus estão a explorar formas de acelerar a criação do Mecanismo Europeu de Estabilidade (MEE), que irá substituir o Fundo Europeu de Estabilidade Financeira (FEEF).

A informação foi avançada ontem ao final do dia pela “Bloomberg”, que cita um documento interno de preparação da próxima reunião dos chefes de Estado da zona euro. Segundo o mesmo, os países vão estudar na próxima semana os custos e os benefícios de antecipar a criação do MEE para Julho de 2012, ao contrário de meados de 2013 como previsto. Uma das grandes vantagens apontadas a este Mecanismo é a redução dos custos dos países que financiam pacotes de apoio financeiro a um terceiro país. O documento citado fala em poupanças totais de 38,5 mil milhões de euros, 11,5 mil milhões dos quais da Alemanha, valores que, lê-se, “têm de ser considerado como o mínimo ganho possível”.

Um professor de economia alemão, Bernd Raffelhueschen, calculou que a Alemanha tem responsabilidades não assumidas no orçamento que totalizam cinco biliões de euros. Um valor que diz respeito à cobertura das necessidades da Segurança Social e fundos de pensões locais. Os números foram avançados pela publicação alemã “Handelsblatt” e o valor compara com a dívida pública total da Alemanha, que ascende a dois biliões de euros. [Ler mais]

in: Jornal i, 24 Setembro 2011

Anúncios
%d bloggers like this: