Saltar para o conteúdo

Referendo. Como, quando, quantos e a que horas saberemos?

Conheça os horários da votação, as horas previstas para as primeiras projecções, o que dizem as últimas sondagens ou quantos eleitores irão votar e quantos é que estão indecisos

O referendo deste domingo, independentemente do resultado, marcará a entrada da crise europeia numa nova etapa depois de vários anos dedicados às políticas de austeridade – que até poderão continuar, apesar do crescente número de vozes a opor-se à receita escolhida pela Europa para lidar com a crise.

“Todos os olhos vão estar na Grécia, da Europa e mesmo do globo”, referiu esta sexta-feira Alexis Tsipras, primeiro-ministro grego, sobre o referendo de 5 de Julho.

Para acompanhar o dia do referendo eis alguns detalhes importantes a ter em atenção. Uma nota: todos os horários referem-se à hora de Lisboa, menos duas que em Atenas.

Quando

As urnas vão abrir às 5h da manhã, devendo fechar às 17h. As primeiras sondagens à boca das urnas podem ser divulgadas pouco depois das 17h, desde que alguma das respostas surja com uma vantagem assinalável – cerca de quatro pontos.

Contagem e projecção oficial

Até às 19h deverão estar contados 20% dos votos e até às 21h a contagem já deverá abrangido mais de 50% dos votos – altura em que é previsível que se conheça a primeira projecção oficial do resultado. Perto da meia-noite, 2h da manhã em Atenas portanto, já 90% dos votos estarão contados.

Eleitores

Para que o referendo seja considerado válido terá que registar a participação de pelo menos 40% dos eleitores. As sondagens dos últimos dias têm apontado para uma participação a rondar os 80% a 85% dos eleitores. Ao todo há 9,85 milhões de eleitores registados para o referendo.

Sondagens

Esta sexta-feira foi o último dia para a publicação de sondagens, que no dia anterior ao acto já não podem ser divulgadas. As últimas sondagens desta sexta-feira apontavam para um resultado muito equilibrado e extremamente dependente dos indecisos:

A da Alco atribui 44,8% para o “Sim”, 43,4% para o “Não” e 11,8% de indecisos.

Numa sondagem para o jornal “Avgi” publicada também esta sexta-feira, o “Sim” surgia com 42,5% e o “Não” com 43% e um tota lde 9% de indecisos.

Já uma sondagem divulgada ao início da noite de sexta-feira, da Ipsos, refere 44% para o “Sim” e 43% para o “Não”, com 12% de indecisos

A pergunta

Tem estado no centro de algumas discussões, dada a sua complexidade. No boletim de voto, os gregos encontrarão a seguinte pergunta: “Deverá ser aceite o projecto de acordo que foi apresentado pela Comissão Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional no Eurogrupo de 25 de Junho e que consiste em duas partes que constituem uma proposta unificada? O primeiro documento intitula-se ‘Reformas para a Conclusão do Presente Programa e Mais Além’ e o segundo ‘Análise Preliminar à Sustentabilidade da Dívida'”

in: ionline, 3 Julho 2015

Comentar

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

<span>%d</span> bloggers like this: