Saltar para o conteúdo

Pacem in Terris – Uma encíclica com cinco décadas e cada vez mais actual

Trabalho da disciplina de História do Cristianismo Contemporâneo, Junho de 2015

A encíclica Pacem in Terris, de 11 de Abril de 1963, surgiu durante uma fase especialmente crítica da Guerra Fria. Naquele dia, ainda não tinham passados dois anos desde a construção do muro de Berlim e poucos meses distavam do arrefecimento da crise dos mísseis de Cuba, corolário de várias movimentações bélicas de norte-americanos e soviéticos e que ameaçou como nunca afundar o mundo numa guerra nuclear. Foram treze dias de pânico generalizado até que a 28 de Outubro de 1962, mediante acordos secretos, Estados Unidos e União Soviética concordaram retirar os mísseis da Turquia, os primeiros, e de Cuba, os segundos. Ainda estávamos longe do acordo que viria ajudar à contenção do crescimento dos arsenais militares, cujo primeiro passo chegaria em 1968, mas esta era já uma preocupação e exigência do Papa João XXIII, que a deixou bem expressa na encíclica que ora analisaremos.

João XXIII teve um pontificado curto, entronizado em Novembro de 1958, acabaria por morrer menos de dois meses depois da publicação da encíclica, a 3 de Junho de 1963, então já com 81 anos. Este curto pontificado foi no entanto suficiente para deixar dois excelentes textos em forma de encíclica – além da Pacem in Terris, falamos da anterior Mater et Magistra.

Italiano, Angelo Roncalli foi capelão do exército transalpino na Grande Guerra, passando depois pela Bulgária, Grécia e Turquia, sendo o núncio apostólico de França entre 1944-1953. Neste ano foi nomeado Patriarca de Veneza, sendo escolhido para Papa em 1958, sucedendo ao pontificado de quase 20 anos de Pio XII, e assumindo o nome de João XXIII. Foi canonizado recentemente, em Abril de 2014, pelo Papa Francisco e pelo Papa Emérito Bento XVI.

Ao longo deste trabalho procuraremos evidenciar a importância, o significado e as novidades que a Pacem in Terris representou em termos de alcance e abrangência da sua mensagem, destacando algumas das suas principais ideias. Analisaremos ainda a recepção da encíclica em Portugal, tentando explicar o porquê da difusão limitada da mesma no país. Começaremos o trabalho apresentando um resumo do texto e da organização da Pacem in Terris, de onde partiremos para a restante análise….

Comentar

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

<span>%d</span> bloggers like this: