Saltar para o conteúdo

Quo vadis, superaviões? A380 e B787 com falhas obrigados a inspecções e atrasos

O A380 e o B787 representam estratégias distintas para um só mercado, avaliado em 75 mil milhões de euros: as ligações de muito longa distância. A Airbus e a Boeing coincidem na aposta na eficiência e velocidade, mas de resto tudo diverge. Um transporta o dobro das pessoas, o outro custa metade do preço. Um já voa há quatro anos, o outro estreou-se em Outubro. A Airbus investiu 12 mil milhões de euros no A380 e a Boeing gastou quase oito mil milhões com os B787. Agora encontraram novo ponto comum: falhas estruturais. [Ler mais]

in: Jornal i, 9 Fevereiro 2012

Comentar

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: