Saltar para o conteúdo

Transportes. Plano de reestruturação pode custar 5 mil empregos

De Plano Estratégico para os Transportes tem muito pouco por enquanto, o que indignou os deputados presentes na comissão parlamentar de ontem. Mas, apesar das ameaças, ninguém abandonou a sala, já que todos queriam ouvir/criticar o plano do governo para a reestruturação total dos transportes.

Santos Pereira apresentou ontem um plano que atacará tudo o que está errado nos transportes, ou pelo menos assim acha o governo. O plano inclui redução de administrações – para três cargos –, cortes nos gastos dos gestores com telemóveis, carros e cartões de crédito. Além disso, a fusão da Carris com o Metro de Lisboa e dos STCP com o Metro do Porto é para avançar, tal como as portagens em todas as Scut já este mês. [Ler mais] [Ver em página]

in: Jornal i, 8 Outubro 2011

%d bloggers like this: