Skip to content

Basta equilibrar…

Eis a solução para a crise portuguesa: nivelar salários. Em vez de empresas onde 5/6 directores têm salários de 7, 10 ou 20 mil euros à custa de ordenados abaixo da média, porque não equilibrar a balança pela positiva? É que estes directores, com estes ordenados, pagam uma melhor escola, gastam um pouco mais em roupa, etc., guardando ainda uma boa fatia do ordenado para investir em fundos ou PPR. Já no outro extremo mal se pode consumir: evita-se o cinema, evita-se almoçar fora e até se pensa duas vezes antes de ir ao café…

Já se tudo fosse nivelado, os salários destes gestores continuavam a dar para o mesmo nível de vida, com a diferença de que no outro extremo poderia consumir-se normalmente – e com menos recurso a crédito – mantendo a economia a funcionar. Veja-se o exemplo de uma TV. Para ter cinco ou seis pivôs pagos a peso de ouro, há toda uma redacção a ganhar 700 euros ou menos. Os pivôs podem ir a óptimos restaurantes, mas a maioria dos colegas não. O problema é que não é o consumo de meia dúzia de pivôs que assegura a economia, é o consumo da restante redacção. Imaginemos que essa redacção ganhava 1300 euros de média e os pivôs só ganhavam 4/5 mil euros. Em vez de quatro ou cinco pessoas a ir a restaurantes, teríamos 40. Seriam mais 40 pessoas a dar dinheiro ao restaurante – e mais IVA ao Estado -, levando o restaurante a contratar mais empregados – empregados esses que assim poderiam ter TV Cabo ou poupar uns trocos a cada mês, tal qual como os 40 jornalistas.

Olhemos agora para o PSI20. Será que os gestores das cotadas não percebem que para terem prémios de milhões de euros têm de pagar salários baixos e matam a empresa? Se pagassem melhor, teriam clientes mais abastados para comprar os produtos que vendem, gerando mais negócio e, logo, mais receita fiscal. Ou acham que 3 milhões de euros na mão de duas pessoas criam tanto mercado como metade desse valor na mão de 500 pessoas? É que não interessa que quem ganha mais pague 49% ou 70% de IRS; precisamos é que a maioria tenha ordenados decentes. E desengane-se quem achar que isto é ideologia; é pura criminologia.

in: Jornal i, 8 Setembro 2011

Anúncios

Comentar

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: