Saltar para o conteúdo

O Estado que não quer ver

Em Portugal preenchem-se anualmente 4,8 milhões de declarações de rendimentos. Nestas, há 3,3 milhões de famílias, 70% do total, que declaram rendimentos mensais inferiores a 1200 euros brutos, dos quais 2,7 milhões, ou 57% do total, declaram menos de 800 euros brutos por mês. Falamos de rendimentos globais de famílias, na maioria com duas ou três pessoas. E os números apresentados são de 2009, ano de aumentos na FP e antes de cortes salariais e de muita austeridade.

Apesar destes números, o plano de emergência social só vem apoiar (e mal) três milhões de portugueses. Menos de 30% do total. Sobra assim uma enorme área cinzenta de pobreza não oficial, onde sobrevivem os que também vão ficar de fora das tarifas sociais na electricidade, gás ou transportes. Esta é uma franja da população para a qual o Estado está a mostrar-se totalmente cego, sentenciando-a ao esquecimento e à pobreza quando se antevê um aumento do custo de vida generalizado e cortes salariais.

Ao mesmo tempo, há 12 mil milhões de euros postos de lado para os bancos, que nem os querem, valor ao qual se juntam mais 66 mil milhões do empréstimo internacional para saldar as dívidas do Estado. A ironia? É que quem vai pagar este dinheiro da troika são em grande parte os 3,3 milhões de famílias que nem 1200 euros brutos ganham e que nem um euro vão ver do dinheiro da troika. E o estranho? É que em gabinetes com técnicos e especialistas que ganham três mil e quatro mil euros por mês tudo isto faz sentido. Não faz, e quanto mais demorarem a percebê-lo, pior para todos.

in: Jornal i, 8 Agosto 2011

Anúncios

Comentar

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: