Saltar para o conteúdo

Greve. Administração e sindicatos daTAP extremam posições

“Não destruam a empresa.” Assim reagiu Fernando Pinto, presidente da TAP, ao pré-aviso de greve que o sindicato dos tripulantes entregou. Vão ser dez dias de paralisação, divididos entre Junho e Julho. “Quem cancelou as negociações não foi o sindicato, cabe à administração contactar-nos e emendar a mão”, disse Luís Parente, dirigente do Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPCAV).

A dividir as partes está a entrada em vigor da redução de tripulantes em cada voo da TAP nas ligações de longo curso, uma medida que permitirá reduzir os custos da transportadora 14 milhões de euros anuais. [Ler em página – parte 1] [Ler em página – parte 2]

in: Jornal i, 2 Junho 2011

Anúncios

Comentar

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: