Saltar para o conteúdo

Operadoras queixam-se de falhas nos pagamentos do transporte escolar

O assunto não é de fácil abordagem e ninguém aceita dar a cara,mas todos confirmam. As relações entre câmaras municipais e empresas de transportes colectivos de passageiros revestem-se de um carácter “amor-ódio”. Se por um lado “quase todas as autarquias devem dinheiro a transportadoras”, por outro, o facto das câmaras serem parte importante da actividade destas empresas, leva a que estas não queiram pressionar as primeiras. “Pagam tarde mas são bons clientes” explicou fonte do sector. O Negócios ouviu responsáveis tanto de associações como de empresas sobre o assunto, e as câmaras de Lisboa,Sintra, Loures, Amadora ou Setúbal surgiram como exemplos das relações “difíceis”. [Ler mais]

in: Jornal de Negócios, 8 Setembro 2008

Comentar

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: