Saltar para o conteúdo

Subsídios impedem que “ouro negro” volte aos preços antigos

O aumento do consumo de bens derivados do petróleo que continua a registar-se nas economias emergentes, graças ao crescimento do total de consumidores nestes mesmos mercados, deverá impedir que o petróleo volte a níveis de “outros tempos”, ou mesmo aos 50 dólares de 2007, e que a quebra no preço por barril não chegue aos 80 dólares. A “culpa” é dos países onde os preços são subsidiados, já que é precisamente este ponto que está a provocar a falha no “ciclo” normal. [Ler mais]

in: Jornal de Negócios, 5 Setembro 2008

Anúncios

Comentar

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: